Intérpretes e educadores para alunos surdos na Educação Básica

EDUCAÇÃO - 29Desde 2013 nenhum deficiente auditivo fica fora da escola em Lajedo. As escolas públicas municipais possuem educadores e intérpretes próprios para os alunos surdos. Hoje de manhã (08), registramos uma das últimas aulas das turmas de 1º ao 5º com alunos surdos na Escola Municipal José Ferreira dos Prazeres.

As professoras Adrielly Rosendo e Mary Benfica ensinam a esses alunos. Igualmente o professor e intérprete Ewerton Cândido trabalha com outros alunos do 6º ano em diante na Educação Inclusiva na mesma escola. O Colégio Normal também dispõe de um intérprete de Libras para um aluno com deficiência auditiva, completando o direito dos surdos de serem acompanhados por um intérprete dentro da sala de aula, mediante a Lei nº nº 5626/2005.

“Desde o princípio, quando de fato o trabalho como intérprete começou a funcionar nas escolas em Lajedo, nós buscamos atingir todos aqueles que não tinham seus direitos assegurados”, contou Mary Benfica. E completou, “no momento estamos aguardando o levantamento de agente comunitários de saúde que vão trazer mais alunos nesse situação. Nós suspeitamos de mais 3 que ainda não estão na sala de aula”.

Esse trabalho de busca ativa de surdos é muito importante. Pois a Secretaria Municipal de Educação já está com a 3ª turma de intérpretes em Libras sendo formada para suprir essa necessidade para que todo alunos surdo tenha seu intérprete.

Os 4 profissionais que já trabalham na área pedem a colaboração da sociedade e das famílias que têm em casa pessoas com essa deficiência que mal sabem se comunicar, para que possuam sua formação na primeira língua que é a Libras e na segunda que é a Língua Portuguesa.

Clique aqui e veja mais fotos.

Prefeitura de Lajedo,
Mudando para Melhor

Gostou? Então compartilhe com seus amigos:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *