Agentes públicos são capacitados para o redesenho do PETI

ASSISTÊNCIA - 03O antigo PETI foi reformulado, e a meta do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil é que as crianças e adolescentes lajedenses estejam no lugar certo: na escola, ao invés de trabalhando precocemente. O MDS (Ministério do Desenvolvimento e Combate à Fome) quer atingir este objetivo até 2020. Durante este mês de outubro a equipe interligada ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (S.C.F.V.) está visitando as escolas para capacitar os profissionais.

Na capacitação que ocorreu nesta terça, 6 e quarta-feira, 7 de outubro, a psicóloga Rafaela Figueredo e a assistente social Juliana Vanderlei, apresentaram os dados do município atualmente, através do que foi coletado, mostrando o perfil das famílias visitadas. Esta semana foram informados educadores e Conselho Tutelar acerca da realidade da cidade.

Como ocorre?
A partir de então é apresentada uma ficha de notificação, as quais serão entregues em todas as escolas. À medida que forem identificadas as existências de trabalho infantil, o Serviço de Erradicação será conscientizado e dará andamento com estratégias para reverter a realidade.

O que abrange?ASSISTÊNCIA - 04
Esse trabalho passará por todas as áreas: educação, saúde, esporte, cultura, lazer, entre outros. “Todas as escolas do município serão contempladas com a capacitação”, informou Juliana Vanderlei, membro da equipe técnica.

Em que consiste o programa?
O PETI é um programa que veio para ampliar a rede de proteção social do município e melhorar o acompanhamento das crianças e adolescentes no que refere ao trabalho infantil. Voltada também para a sensibilização e mobilização dos agentes públicos

Para os professores notificarem não é necessário ter certeza do trabalho infantil, pois quem fará a identificação é a equipe técnica. Qualquer suspeita, o PETI pode ser acionado.

Clique aqui e veja mais fotos.

Prefeitura de Lajedo,
Mudando para Melhor

Gostou? Então compartilhe com seus amigos:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *